Ciência Virtual - 6º ano

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

O solo e a erosão

Importância do solo




O solo é um recurso finito, ou seja limitado e não renovável, pela sua degradação potencialmente rápida.Os processos de degradação do solo constituem em um grave problema a nível mundial, com consequências ambientais, socias e econômicas significativas.Sem o solo, sem produção alimentar, sem VIDA.







Tipos de solo





Podemos classificar os solos de acordo com o tamanho de suas partículas, pois essa característica nos indica a retenção de água (que indica a permeabilidade do solo) e a circulação do ar do solo.Existem então diversos tipos de solo como: arenoso, calcário, humífero, argiloso e misto.O solo arenoso é composto de partículas grandes, que são visíveis a olho nu e deixam grandes espaços entre si, facilitando a circulação de água e ar.O solo arenoso é um solo perméavel, não retêm água, portanto seco, indicando que o solo é ruim para a agricultura.Também é chamado de neossolo.
O solo calcário é um solo que foi formado a partir de carcaças de animais, que se desgastaram com o passar do tempo.O solo calcário também é formado por partículas grandes, e por não reter água é um solo seco e permeável.
O solo humífero é um solo formado principalmente por matéria orgânica em decomposição, o que indica que existem seres vivos nesse solo.O solo humífero, é úmido, retêm água, e tem muito oxigênio.É um solo permeável, e têm partículas grandes.É um solo excelente para a agricultura.
O solo argiloso é um solo de partículas muito pequenas, portanto, retêm muita água, é um solo impermeável, um solo encharcado, um solo ruim para a agricultura e para a circulação de ar do solo, que será pouca.
O solo misto é uma mistura de todos os solos, portanto têm partículas de diversos tamanhos, não é nem permeável, nem impermeável.É um solo muito fértil, o melhor solo, para a agricultura.Pode ser chamado de terra vermelha.







Solo arenoso










Solo e a agricultura





Com o crescimento acelerado da população mundial, a produção de alimentos torna-se cada vez maior.Então para uma boa colheita, temos que ser cuidados no preparo e na preservação do solo, pois as mesmas não dependem apenas da qualidade do solo.Para a boa utilização do solo, que pode resultar em um aumento de produção agrícola, temos que nos utilizar de algumas técnicas entre elas a aração, a irrigação e a adubação.



O primeiro passo para o agricultur é escolher o tipo de solo, preparando-o para o cultivo.Ele faz então, a aração, que remexe a camada superficial do solo, a camada compactada.Isso torna o solo fofo, permeável, com bom arejamento, portanto mais adequado para a germinação das sementes e crescimento das raízes.Depois o agricultor irriga o solo, tornando-o mais úmido momentaneamente.Um processo que têm que ser feito todos os dias.Logo ele aduba o solo.Os adubos são sais minerais que enriquecem o solo,e o deixa mais fértil.Existem adubos químicos e orgânicos.


Então para um boa produção agrícula devemos a aração, a irrigação, e a adubação, pois o solo bom para o plantio deve ser profundo, úmido, rico em matéria orgânica (húmus) e pouco ácido, pois uma grande taxa de substâncias ácidas prejudica as plantas.








Plantação







Erosão do solo



Erosão significa desgaste, portanto, a erosão do solo é um processo relacionado com o desgaste, com a destruição.





Causas



As causas da erosão do solo são vários agentes naturais, principalmente pela ação intensa da água e do vento, que atuando por milhões de anos sobre rochas e solos, vão as-desgastando lentamente, reduzindo-as a partículas, grãos, que podem ser arrastados.Entre esse agentes podemos citar as fortes correntes de água nos rios, e as enxurradas em montanhas; o batimento das ondas em costões; a ação dos ventos(erosão éolica); o atrito causado pelo deslocamento de pesadas geleiras sobre rochas; as bruscas váriações de temperatura.


Também são causadores da erosão do solo, vegetais, animais e microorganismos que alteram a estrutura das rochas e dos solos, por meio de perfurações, fragmentação, desgaste e ação de substâncias coesivas.O homem também é um grande agente de erosão do solo, por esgotar e perder a cobertura vegetal do solo.





Medidas de prevenção




Algumas medidas de prevenção que podem ser tomadas a respeito da erosão do solo são com a preservação da matéria orgânica, da cobertura vegetal; a construção de tubulações e canaletas para o escoamento das águas das chuvas; o plantio em degraus e terraços, em curvas de nível; a adubação adequada, para manter a sua fertilidade; a sua irrigação regular.






Solo que sofreu erosão




2 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial